Por toda uma vida procuramos um Mestre. Um exemplo que nos guie, que nos oriente, nos ajude a ver as coisas como são e como podem ser resolvidas, como se deve viver a Vida, o que acreditar e o que excluir.

Por si só, esta atitude já tem muito que se lhe diga. Não é nada mais que uma busca pela Aceitação exterior, pela Auto validação. Uma manifestação de toda a nossa insegurança interior, falta de confiança nos nossos próprios “instintos” e mais gravemente uma des-responsabilidade pelo rumo das nossas vidas e das nossas escolhas.

Para além de um cérebro e uma Mente, a Criação deu-nos muito mais,… a perspetiva da Individualidade como parte de um Todo! Quer dizer que, cada um de nós é uma peça distinta de um puzzle. Que só juntando todas as peças, cada uma das nossas perspetivas, conseguiremos compreender o Todo, o Universo em toda a sua complexidade e infinitividade, a Verdade Absoluta.

O que é um Mestre senão uma vida consciente, uma frequência do Conhecimento inato em cada um de nós? A verdade ressoa com a nossa alma, o nosso coração e isso podemos sentir claramente. No seu sentido mais espiritual, um Mestre é um Professor, alguém que nos aponta a direção do Conhecimento, mas não do nosso caminho individual.

O Mestre que tanto procuramos está dentro de nós, em cada um de nós! Este é o caminho para a Quinta Dimensão, o verdadeiro significado da tão anunciada vinda de Cristo, o despertar do Conhecimento do Amor Universal e incondicional. Quando se diz que todos nós somos um Micro Universo, “feitos á semelhança de Deus”, está subentendido que todas as respostas às nossas perguntas e dúvidas também estão dentro de cada um de nós. Basta aprender a ouvir a nossa voz interior, a nossa Consciência Cósmica.

Nós temos tudo o que precisamos, e mesmo quando não conseguimos aceder à nossa sabedoria interior, eis que o universo exterior reflete as respostas incessantemente até à sua compreensão e aceitação. Não há como não compreender, a não ser por escolha própria! No decorrer da nossa vida, encontramos inúmeros Mestres, sob infinitas formas, desde família, amigos (humanos e animais inclusive), menos amigos, situações, pré-disposições, emoções, mensagens e sonhos recorrentes, etc. Basta querer ver! Mas estes Mestres exteriores, somente nos apontam a direção, não podem resolver os nossos problemas, nem viver por nós o nosso caminho individual da Evolução. Só o Mestre em si mesmo, saberá exatamente qual o verdadeiro caminho, qual a sua “perspetiva” única e individual que contribuirá para a harmonia do Todo.

Confie em si, sem exceção! Aprenda a ouvir-se! Use a sua intuição, siga os seus sonhos e verdadeiros interesses, a sua visão própria!

Eli de Lemos

Anúncios