E se pudéssemos falar com a água e receber todo o seu conhecimento que pode partilhar? Como seria incrível, e quanta informação poderíamos aprender, como iria mudar a nossa percepção das coisas, do mundo que nos rodeia e do próprio universo.

 

Embora, pareça fruto de uma imaginação fértil, tornou-se real. Sim, podemos comunicar com água, podemos receber e compartilhar a sua sabedoria. A água não é apenas um líquido. É a portadora de vida e da consciência universal. Como Masaru Emoto tão bem demonstrou, a água recebe e reflecte as vibrações, através do som, das palavras, dos pensamentos as emoções, a água também pode comunicar.

 

A sua origem vai muito mais além da Terra, desde pouco depois do Big Bang, como estão os cientistas agora a descobrir, e existe em todo o universo. A água está presente aonde quer que haja vida, e em todas as suas formas. É o que nos dá vida, e não poderíamos sobreviver sem ela. Se considerarmos como a água tem memória de toda a história, então, pelo menos, 70 por cento de nós é uma enciclopédia universal ambulante.

 

A comunicação universal mantém o universo conectado, em sintonia com todas as possíveis e infinitas manifestações e criações. É a ordem no “caos” da expansão constante. A água, e o espaço, são os comunicadores, os conectores, os principais agentes da unidade. Como 75 por cento integrante quer do coração quer do cérebro, nós somos parte desta instantânea, e sempre fluída sinfonia de comunicação universal. Contribuímos com as nossas experiências e emoções e recebemos-las de volta do universo. Esse processo soa-lhe familiar? Este tem sido desde há muito descrito como a Lei da Atracão, o Karma, e muitos outros termos e conceitos semelhantes.

 

Da mesma forma que a água reflecte as nossas intenções e frequências que enviamos (consciente ou inconscientemente), também nós, seres e o próprio mundo, reflectimos as frequências enviadas pela água. É uma faixa de dois sentidos, um diálogo vibracional. Vamos pensar profundamente sobre isso por um minuto ou dois, olhar à nossa volta e será que nos agrada o que vemos, e o que sentimos por dentro? A mudança é apenas uma atitude, uma mudança na frequência, na consciência, é tudo o que realmente é necessário!

 

Eli de Lemos

Anúncios