Geralmente, toda a existência manifesta-se em conformidade com o fundamental duo de dinâmica de energia, a energia feminina e masculina. Assim é o princípio hermético de Gênero: “O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero manifesta-se em todos os planos.”- O Caibalion

 

Estas dinâmicas contraditórias são a base das dimensões físicas e etéricas, assim como a nossa ligação constante à origem. De um ponto de vista científico, o masculino é a energia que representa a entropia universal, que permite a expansão de energia em infinitas formas de ser, enquanto a energia feminina remete para a sintropia, a Fonte sempre presente interiormente ou o regresso da Consciência à Fonte.

 

“Estas energias são dois aspetos do Um. Portanto, elas não são realmente opostas ou duais; elas são uma; elas são duas faces de uma energia.” – Helder de Andrade

 

Juntos, em uníssono e nunca em oposição, mantêm a harmonia perfeita de todas as criações, o equilíbrio universal da consciência universal. É este perpétuo equilíbrio e eterna dança fluida que sustém o universo, a sua vida e todos os princípios herméticos, e mais particularmente o princípio de Ritmo.

 

“Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem as suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o Ritmo é a compensação.” – O Caibalion.

 

Em outras palavras, ou filosofias, a forças femininas e masculinas constituem o TAO, o Yin Yang em movimento eterno, pulsando, vibrando, respirando, sustentando um ao outro, para sempre, garantindo a nossa vida eterna.

 

1835349-the-tao-of-no-3-guidelines-for-politely-declining-rotator

O mesmo se aplica, naturalmente, ao nosso sistema de chakra, desde os mais básicos 9 aos em constante manifestação e expansão Chakras superiores, dependendo do nível de frequência e dimensionalidade em que a vida se manifesta.

 

Energia Feminina: A Contração (Sintropia)

A energia feminina representa o Berço, a energia fonte de onde provém toda a Vida, e para onde regressa. É a nossa união com o eterno Amor, o amor inconfundível e único de mãe. Representa o nosso lado mais emotivo, e introspetivo, a contração do Ser físico à sua essência energética, a sua ligação á Raiz, o nosso sempre presente cordão umbilical com a Consciência Universal.

 

Energia Masculina: A Expansão (Entropia)

A energia masculina é o seu oposto. Representa todo o nosso poder de manifestação, de criação. É exteriorização, extroversão e a projeção do Ser. A Consciência expandida para fora de si própria, para que se possa visualizar e sentir-se em toda a sua diversidade e criatividade.  É o aspecto prático da Fonte, direcional e objectivo, claro e racional, o que podemos ver com os nossos olhos, sentir com as nossas mãos, é o universo físico.

formas femininas e masculinas

Os Chakras:

Chakras Femininos e Masculinos

Chakra: Portal do Eu Superior – Chakra Masculino (Expansão do Ser para o Cosmos)

Chakra: Coroa – Chakra Feminino (Ligação interior com a Fonte, contração)

Chakra: 3ª Visão – Chakra Feminino (Comunicação com a Fonte, Intuição; contração)

Chakra: Garganta – Chakra Feminino (Comunicação com o Eu Interior, Introspeção – Honestidade; contração)

Chakra: Plexus Solar – Chakra Masculino (Expansão do Ser, Acão e Coragem)

Chakra: Sacral (Sexual) – Chakra Masculino (Expansão do Ser Social)

Chakra: Raiz Física – Chakra Masculino (Identidade Individual, O Eu Físico)

Chakra: Raiz Energética – Chakra Feminino (Ligação interior com Coração, contração)

Chakra: Portal de Gaia – Chakra Feminino (Ligação com Gaia; contração)

 

Eli de Lemos

Anúncios