Workshop Proteção Energética Pessoal

Satori Rei 2018

 

Conteúdos

  • Introdução
  • Ataques Energéticos
    • Sintomas
  • Proteção Energética Pessoal
    • Aprender a conservar a energia vital
    • Transcendendo a polaridade
    • Livre-arbítrio
    • Práticas regulares recomendadas
      • Limpeza da aura Satori Rei
      • Meditação H2O
      • Auto – Alinhamento dos 9 Vórtices
      • Outras dicas complementares

 

 

Introdução

Somos todos seres de energia pura, que numa sociedade “desligada” da sua verdadeira natureza, e cada Ser da sua original individualidade, vive cega numa persistente e inconsciente batalha por energia. Há uma troca constante, um fluxo inevitável e natural, mas que nem sempre nos atinge de uma forma “saudável” e “construtiva”.

 

Sabemos que não só somos energia como cada palavra, pensamento e intenção também o são. Deveremos por isso ter sempre em consciência que nem sempre somos as “vitimas”, mas também, e em muitas ocasiões, inconsciente ou conscientemente, sejam em padrões culturais ou hábitos pessoais, somos também os atacantes, quer de nós próprios como dos outros. Há que estar em alerta, não só do comportamento e intenções dos outros, mas principalmente de nós mesmos, e ter a coragem de quebrar esses ciclos tóxicos e destrutivos.

 

Para evoluirmos nesta aprendizagem, será vital uma análise introspetiva, uma profunda e total transparente honestidade connosco próprios, com a nossa consciência e com o nosso modo de “ser”.

 

 

Ataques Energético

Em primeiro lugar, o que constitui um “ataque energético”, ou seja, do que temos de nos proteger?

 

Consideramos geralmente um ataque energético uma receção de energias de baixa frequência ou “negativas”. Ataque no sentido de alteração propositada, ou não (inconsciente), que resulte em um desequilíbrio do nosso estado energético normal, da nossa integridade e estabilidade emocional e física. E Energético, porque se trata de uma invasão de energia, ou seja, etérica e não de um atacante físico diretamente.

 

Outros nomes associados: Ataques espirituais e Vampirismo Energético.

 

O que pode originar um ataque energético?

Qualquer energia de baixas frequências, um pensamento maldoso ou má intenção de alguém, manipulação e persuasão, sentimentos como o ódio, a inveja, o julgamento, criticas destrutivas, ciúmes, vinganças, rancores, e até mesmo uma simples insatisfação momentânea, ou um desabafo, por exemplo. De uma forma inconsciente, basta pensamentos de preocupação excessiva relativamente ao bem-estar de alguém para gerar um “ataque energético” intencional, porque também a preocupação é um sentimento de baixa frequência.

 

É claro que a intensidade e o seu efeito variam proporcionalmente com a intenção de “magoar”. Ou seja, os ataques intencionais têm consequências muito mais graves e persistentes do que os ataques inconscientes e muitas vezes sem maldade. É muito importante sabermos distinguir a diferença.

 

Não confundir com localizações tóxicas ou cruzamentos inevitáveis em lugares públicos com pessoas toxicas, por exemplo ao andarmos na rua, em elevadores, no nosso local de trabalho, etc., onde ocorrem trocas inevitáveis devido à proximidade das auras, que podem causar os mesmos sintomas de um ataque energético, mas de menor duração, ou seja, que após sairmos do “local” ou nos distanciarmos das pessoas toxicas os sintomas desaparecem eventualmente. Deve-se, porém, ter em atenção que sempre que cruzamos o nosso campo eletromagnético (aura) com alguém, há sempre uma pequena troca, em que a outra pessoa leva um pouco da nossa energia e nós levamos um pouco da energia da outra pessoa.

 

(Vampirismo Energético _ Estudo Espirita – 5:24 min)

 

Sintomas

Cansaço emocional e físico sem motivo aparente; Dores de cabeça, ou dores fora do normal (pontadas) e sem causa; Interrupção de sono; Incómodo geral; Diarreia; Incapacidade de tomar uma decisão clara; Mudança repentina de humor; Irritabilidade súbita; Palpitações e arritmias; Pensamento “nublado”; Pensamentos “implantados”; Tristeza ou raiva súbita; Medo repentino e não justificável; Tonturas súbitas; Zumbidos nos ouvidos (lado direito); etc.

 

Outros sintomas:

– Cansaço, fadiga, sono excessivo ou insônia.

– Excesso de azar em sua vida, tudo dá errado.

– Facilmente, a comida estraga em sua casa, sem muitos motivos aparentes.

– Objetos queimam ou quebram com frequência em sua casa.

– Sempre você percebe prejuízos em geral em sua vida e em sua casa.

– Surgimento de muitas pragas, insetos em sua casa sem motivos aparentes.

– O dinheiro não rende, some do nada.

– Problemas de infiltrações em sua residência.

– Pessoas da casa têm pesadelos frequentes.

– Os caminhos da vida se fecham, nada vai para frente, pelo contrário, tudo retarda em sua vida (amor, dinheiro, emprego, trabalho etc).

– Acidentes, brigas, discussões, violência estão sempre presentes.

– Você enxerga vultos e sombras dentro de casa.

– Você, as pessoas próximas ou animais de estimação ficam doentes com frequência.

– Plantas costumam morrer e não vão para frente.

– Sente dor de cabeça, calafrios, tontura com frequência.

– Falta de apetite constante.

– Dores inexplicáveis, principalmente, nas costas e região das pernas.

– Perda de memória com facilidade.

– Sentimento de tristeza, depressão, angústia, ansiedade constante.

– Medo, receio de ficar sozinho e muitos outros sem explicações.

– Sensação de ser observado o tempo todo por alguém ou atacado.

www.marciafernandes.com.br/site/conheca-os-principais-sintomas-de-um-ataque-energetico/)

 

Proteção Energética Pessoal

 

Para nos protegermos devidamente e de uma forma mais eficiente, a curto-médio e longo prazo, é fundamental aprendermos algumas práticas essenciais, que nos ajudarão eficazmente em todas as situações da nossa vida e mais especificamente na nossa evolução espiritual natural.

 

 

Aprender a conservar a energia vital

Uma das práticas essenciais ao nosso bem-estar, quer físico, emocional ou energético (espiritual) é a aprendermos a conservar a nossa energia, evitando assim fugas de energia desnecessárias e inconscientes. Muitas vezes a nossa fragilidade e debilidade devem-se exatamente a comportamentos subconscientes que desgastam a nossa energia e nos enfraquecem espirito-emocional e fisicamente, tornando-nos assim mais suscetíveis a ataques energéticos externos. Quanto mais fraco, maior a probabilidade de ser “atacado”.

 

Ao conservarmos apropriadamente a nossa energia vital, erguemos em si uma maior barreira de proteção natural.

 

Dito isto, podemos facilmente concluir que os ataques só são “bem-sucedidos” quando “baixamos a nossa guarda”. Por outras palavras, só somos atingidos pelos ataques se e enquanto tivermos algum tipo de fragilidade interna, medos ou fugas de energia, significando que temos bloqueios que os permitem. Concluindo, basicamente a responsabilidade é nossa. Esta é a primeira lição mais importante que podemos tirar.

 

Como desperdiçamos a nossa energia:

Há muitas maneiras em como “damos” inconscientemente a nossa energia todos os dias, criando literalmente os chamados “buracos da aura”.

 

A Energia flui para onde focamos a nossa atenção

– Principio Huna –

(Energy flows where attentions goes)

 

Cada vez que nos preocupamos com algo que não podemos controlar, como o futuro, ou o passado, ou com o comportamento das outras pessoas, estamos literalmente a desperdiçar a nossa energia vital, além de desrespeitar o Livre-arbítrio do outro.

“Se seu problema tem solução, então não há com que se preocupar. Se seu problema não tem solução, toda preocupação será em vão”

– Provérbio Tibetano –

 

O facto de nos preocuparmos não muda em nada a resolução das coisas, simplesmente enfraquece-nos ou pior, quando nos preocupamos excessivamente com o comportamento dos outros, estamos literalmente a ser também os “atacantes”.

 

Outra forma comum de darmos a nossa energia livremente, mas inconscientemente aos outros é sempre que nos sentimos injustiçados pelo comportamento ou ações dos outros. Quanto mais pensarmos sobre o assunto ou mais importância dermos, seja interiormente, ou repetindo a historia a outras pessoas como forma de validação e aprovação da nossa indignação, mais energia estamos a desperdiçar e mandar a quem não queríamos. Importante também lembrar, que este tipo de comportamento é um ataque energético por si, mas de nós para os outros.

 

Transcendendo a polaridade

Sempre que sentimos que estamos a ser “atacados” devemos primeiramente analisar se há alguma “ponta solta por resolver”, ou seja se de alguma forma contribuímos consciente ou inconscientemente para aquele “ataque”.  Se houver, convém sermos humanos e admitir as nossas imperfeições. Ninguém é perfeito nem está completamente livre de cometer erros. Se não, e caso a nossa consciência esteja absolutamente limpa, temos de aprender a nos “desligar” emocionalmente.

 

É neste contexto que devemos perdoar. Perdoar não significa concordar com a ação, ou validá-la de alguma forma, mas simplesmente aceitar o facto consumado, porque realmente já aconteceu e nada nem ninguém o pode mudar. É deixar para trás, o passado no passado. É transcender o bom ou mau, o certo ou errado, e aprender sabiamente a compreender a lição positiva de cada momento da nossa vida. Quando aprendemos a confiar no Bem Maior do universo e do nosso Eu Superior, compreendemos que tudo o que acontece é sempre a favor do nosso desenvolvimento. E quanto mais tempo demorarmos a lá chegar, mais “tempo” da nossa vida é desperdiçado em vibrações polarizadas.

 

A resposta ás nossa perguntas, inclusive aos “ataques energéticos” está sempre em nós. Será sempre um sinal de algo em nós que não esta absolutamente resolvido nem amadurecido, como poderíamos pensar. Há que confiar na vida. Repito que só seremos atacados se estivermos em frequências suscetíveis a ataque.

 

Livre-arbítrio

Não podemos em qualquer situação controlar o pensamento ou ações das outras pessoas. Temos de aceitar, por mais que isso nos custe, que cada qual é como é e tem essa liberdade, chama-se Livre-arbítrio. Do mesmo modo que ninguém tem o direito de nos controlar ou obrigar-nos a seja lá o que for, seja o que pensar, gostar, como nos devemos comportar, etc. Somos o que somos e como somos. Não há nada de mais sublime e libertador que sermos e assumirmos o que somos em todo o seu esplendor!

 

Esta é a lei mais importante do nosso universo, e o nosso mais precioso direito como seres cientes, consciente e cocriadores.

 

É também a nossa maior defesa! Temos o direito, e dever para connosco próprios, de não aceitar o que não queremos, e de nos defendermos nomeadamente dos ataques energéticos.

 

Só somos atacados se assim o deixarmos. Se reagirmos, seja com descontentamento, desilusão, raiva ou sentimento de injustiça, estamos a permitir o ataque e a perpetua-lo de livre e espontânea vontade. Qualquer um destes sentimentos são de baixa frequência. Por outro lado, se não lhe dermos a mínima importância, e conscientemente não o aceitarmos: “Não aceito esta energia e devolvo-a de volta á sua fonte”, sem medos quer do atacante ou de repercussões, estamos a garantir a nossa estabilidade e bem-estar. E é realmente assim tão simples. E claro, não pensamos mais um segundo sequer sobre o assunto.  Mudamos a nossa atenção para algo construtivo e positivo, para a nossa evolução espiritual e bem-estar.

 

Claro que esta prática requer paciência e muita convicção. Quanto mais a praticarmos, mais firmeza irá sentir e eventualmente não terá qualquer dificuldade em controlar o processo.

 

Práticas regulares recomendadas

É fundamental sabermos controlar a nossa energia interna em todas as circunstâncias. Sabermos mudar a vibração das nossas emoções de negativas e baixas para emoções de alta vibração. Para tal, deve-se por exemplo limpar a aura regularmente e quantas vezes necessárias, sempre que entrarmos em “contato” com alguém e trocarmos energia (cruzamento de auras).

 

Limpeza da aura Satori Rei

aura cleansing satori

A limpeza diária da nossa aura, tórus ou campo eletromagnético, é tão necessária como um auto tratamento ou simples alinhamento dos nossos vórtices.

 

A nossa frequência interna muda constantemente, de acordo com cada emoção, circunstâncias exteriores, cruzamento de auras, ou com o nosso foco de atenção, acumulando assim energia estática no nosso campo pessoal eletromagnético. A limpeza da aura não só limpa esses resíduos em excesso, como também, seguindo a contínua dinâmica interna e externa do Tórus, restabelece o nosso fluxo energético (eletromagnético) natural.

 

Para obter melhores resultados e para melhor ativar a nossa circulação de energia, deve-se repetir a técnica 3 vezes, num espaço sossegado, e sem interrupções. Serve também como S.O.S, em casos de stress e ansiedade.

 

1º Passo

Começamos de cima para baixo, pelo vórtice superior Portal do Eu Superior, varrendo o exterior da nossa aura até aos pés o vórtice Portal de Gaia, com as palmas viradas para baixo.

 

aura cleasing 1

aura c 2

 

2º Passo

Recolhemos a energia com as mãos, por baixo dos pés, as palmas agora viradas para cima, a mão esquerda sobre a mão direita (para as senhoras, mão direita sobre a esquerda para os senhores) e subimos pelo canal Prana até ao Coração Fonte, trazendo toda a energia novamente à sua fonte de transformação.

aura c 3

3º Passo

Do Coração Fonte subimos pelo exterior até ao vórtice Portal do Eu Superior, com as palmas das mãos viradas para cima.

aura c 4

aura 5

 

4º Passo

Descemos do vórtice Portal do Eu Superior novamente até ao Coração Fonte pelo canal Prana.

aura c 6

 

5º Passo

Do Coração Fonte descemos pelo exterior até aos joelhos, ao vórtice Raiz Energética, nos joelhos.

aura c 7

6º Passo

Do vórtice Raiz Energética subimos novamente até ao Coração Fonte, pelo canal Prana.

aura c 8

 

triple torus satori

 

 

Meditação H2O

 

Outra prática recomendada é a meditação H2O (mantras) que pode ser praticada em qualquer local e em qualquer altura, e que automaticamente muda a vibração de baixa para altamente neutra.

 

Técnica H2O Satori Rei

“o amor é uma palavra ativa e gratidão passiva. (…) O amor precisa ser baseado na gratidão, e a gratidão precisa ser baseada no amor. Estas duas palavras criam a mais importante vibração. E é ainda mais importante que possamos compreender o valor destas palavras.”

 

“Por exemplo, sabemos que a água é representada como H2O. Se tivéssemos de analisar o amor e gratidão como um par, a Gratidão é o H e o Amor é o O. A água é a base que não só apoia mas também permite a existência de vida. No meu entendimento do conceito de yin e yang, da mesma forma que existe um O e dois H’s, precisamos também de uma parte de yang/amor para duas partes de yin/gratidão, a fim de chegar a um ponto de equilíbrio na equação.” – Masaru Emoto (AS MENSAGENS ESCONDIDAS NA ÁGUA”)

 

O Satori Rei combinou o conhecimento e ensinamento do Dr. Masaru Emoto, com o 3-6-9 a mais pura dinâmica e ritmo da natureza. Para uma ativação completa os “mantras” (Gratidão e Amor) devem ser pronunciados de 3 em 3, e ditos 108 vezes no total, equivalente a 12 ciclos, como referido no gráfico abaixo.

 

Técnica:

Começar do centro para fora, no sentido dos ponteiros do relógio:

 

Gratidão – GratidãoGratidão

Gratidão – GratidãoGratidão

Gratidão – GratidãoGratidão

28308754_411040062651642_683565132_n

 

Auto – Alinhamento dos 9 Vórtices

 

E por fim, recomendo também a prática do auto-alinhamento diariamente, nem que seja por uns breves 15 minutos. É extremamente importante mantermos os nossos Vortexes energéticos em equilíbrio, garantindo assim não só o bom funcionamento do corpo físico, como a estabilidade e conservação da nossa energia vital e um equilíbrio saudável emocional.

 

1º – Começamos com ambas as mãos no Coração, a nossa Fonte interior, a mão direita sobre a mão esquerda, para fortalecer a energia pura, neutra e curativa da Fonte.

 

2º – Com a mão esquerda no Vórtice da Garganta e a mão direita no Vórtice Plexos Solar, sentimos a frequência (pulsação) de cada e administramos Energia Universal (REI) até sentirmos ambos sob a mesma vibração, em sintonia.

 

3º – Com a mão esquerda na testa sobre o Vórtice Frontal (3º Visão) e a mão direita no Vórtice Sacral sentimos novamente a pulsação de cada e mandamos Energia Universal até a sua total harmonização, de ambos. Juntamente com o Coração Fonte, estes são os principais dos vórtices naturais, por conseguinte, por favor tome o seu tempo com este par.

 

4º – O mesmo procedimento, mão esquerda sobre o Vórtice da Coroa e a mão direita sobre o Vórtice Raiz Física.

 

5º – Com a mão esquerda nos joelhos, no Vórtice Raiz Energética, e a mão direita estendida sob o Vórtice Portal do Eu Superior.

 

6º – (Auto- Alinhamento dos Pontos de Equilíbrio): Colocar a mão esquerda no antebraço direito, e a mão direita no cotovelo esquerdo, sem cruzar os braços e administrar Energia Universal. Fazer o mesmo, mas com mão direita no antebraço esquerdo e mão esquerda no cotovelo direito.

self alig 1

 

7º – (Auto- Alinhamento): Posição Gassho, unindo a ponta dos dedos, unha com unha.

self alig 2

 

8º – Por fim, com ambas as mãos nas palmas dos pés (mão esquerda no pé esquerdo e mão direita para o pé direito), no Vórtice Portal de Gaia, para fortalecer a nossa ligação com Mãe Terra e sua Energia curadora.

 

NOTAS:

Não se esqueça de limpar a aura SEMPRE antes e depois de cada alinhamento.

 

O tempo necessário em cada posição é determinado apenas pela sua intuição. Não há tempo pré-definido, até sentir a harmonia e pulsação simultânea em cada par.

 

Tenha também em consideração que o primeiro alinhamento, em qualquer par, tem uma duração muito curta, e rapidamente volta a desalinhar. Isto é natural. Continue a insistir, até que o alinhamento dure pelo menos uns 3 minutos. A cada vez que desalinhar após alinhamento, está “tratando” uma camada mais profunda, e assim mais perto de atingir o bloqueio base.

 

 

Outras dicas complementares:

  • Usar sempre uma Turmalina Preta, no lado esquerdo (por onde as energias entram no nosso campo áurico) para proteção, de preferência no bolso esquerdo, mas sempre da cintura para baixo; Não deve ser usada em colar.

 

  • Fazer “figas” sempre que sentir que está a receber “energia negativa”. “Fazer figas” é um gesto de proteção, um dos mais usados no mundo.

 

outras prot

 

eli de Lemos

Satori Rei 2018

satori rei symbol 2018

 

Anúncios